domingo, 18 de julho de 2010

Não percamos tempo!!!!!

Quanto mais tempo passa, mais perdemos, e um dia mais tarde vamos estar a pensar o que poderiamos ter feito e não fizemos.
A organização e a união faz a força, e é com uma organização sólida e com a constituição da nossa Eurocidade, que poderemos benificiar de fundos comunitários para projectos de desenvolvimento e cooperação que tragam beneficios às duas cidades, e a cada dia que passa menos tempo temos para tentar captar esses projectos.

É importante relevar que na última semana foi anunciado que a Euro-Região ExtremaAlentejo, que envolve municipios do Alentejo e Extremadura espanhola, procedeu a uma candidatura a fundos da União Europea para um investimento de 1,7 milhões de euros, destinado a contribuir à internacionalização das empresas da região. O projecto poderá ser comparticipado em 75% do montante elegivel pelo FEDER, onde são beneficiários os municipios de Badajoz, La Codosera, Albuquerque, Olivença, Campo Maior, Elvas, Estremoz, Arronches e Portalegre.
São fundos de extrema importancia para a região, já que beneficiam as empresas que se querem internacionalizar, levando para fora os produtos e serviços que de melhor à na região.

Se a par da Euro-Região, existisse a Eurocidade, poderiamos captar mais fundos para as cidades de Elvas e Badajoz, o que proporcionaria um desenvolvimento económico social importante, com a implementação dos projectos financiados.

Eurocidade Elvas/Badajoz o futuro de todos nós!!!

2 comentários:

  1. urocidade? Sim, por que não? No entanto a verdadeira aproximação que dará visibilidade a Elvas será a aproximação geográfica pela urbanização da Herdade do Estado que é a Herdade da Comenda e deve ser privatizada com urgência.

    O Bairro das Pias, que chegou a ter uma escola primária e ainda hoje tem um infantário cresceu à custa de velhinha Estação da CP.

    A infra-estruturação do futuro Caia Português é muito fácil, porque a água canalizada não precisaria de uma nova estação elevatória porque o Caia está a uma cota mais baixa e a Estação de tratamento de esgotos é muito barata, existe em qualquer aldeia.

    Que o Plano Director Municipal não sirva de desculpa, o Poder Autárquico de Elvas alterou o PDM tantas vezes quantas lhe conveio e até produziu aquele absurdo urbanístico que é a Ilha das Sochinhas(no meio do nada), que tem por núcleo um bairro que me recuso a classificar para não ofender.

    O Futuro de Elvas passa pelo Caia. Alguns parece é que querem ignora-lo, para melhor poder manipular a nossa Cidade!

    ResponderEliminar
  2. Resolvi aproveitar o tema da Eurocidade para a minha excelente e profundíssima publicação de hoje, não perca!

    ResponderEliminar